Pornografia, take 2 (nao recomendável a pessoas sensíveis e/ou pudicas)

Olá coisas fofas, cá estamos nós de volta a essa bela temática que é o mundo da pornografia. Tal como no post anterior, este também será para dar algumas sugestoes ao pessoal da Hot TV, para que eles possam ter sucesso com o seu canal. Uma delas passaria por adaptar também alguns grandes clássicos do cinema portugues ao universo pornográfico e visto que o Hot TV é um canal portugues, nao fica nada mal aos seus respOlá coisas fofas, cá estamos nós de volta a essa bela temática que é o mundo da pornografia. Tal como no post anterior, este também será para dar algumas sugestoes ao pessoal da Hot TV, para que eles possam ter sucesso com o seu canal. Uma delas passaria por adaptar também alguns grandes clássicos do cinema portugues ao universo pornográfico e visto que o Hot TV é um canal portugues, nao fica nada mal aos seus responsáveis fazer uma pequena homenagem aos grandes nomes do nosso cinema. Assim, teríamos películas como os “Verdes Ânus”, uma adaptaçao do filme de 1963, “Verdes Anos”, realizado por Paulo Rocha. A história seria semelhante a do original: um jovem sai da província para vir viver para Lisboa e aí arranjar um bom emprego e orientar a sua vida, mas, tendo em conta a actual crise financeira e a escassez de empregos disponíveis, o nosso jovem personagem ve-se obrigado a enveredar pelo mundo da prostituiçao masculina. Mais que um filme porno gay, “Verdes Ânus” aborda temas actuais como a crise financeira, económica e social em que vivemos, ou seja, tem tudo para ter sucesso (olhem que parecendo que nao, isto pode sair daqui um argumento do catano, vou escrever isso); Outro grande clássico do nosso cinema que teria grande sucesso no universo pornográfico seria “As Pupilas do Senhor Reitor”, sendo que aqui nem é necessário alterar o título visto que este já é bastante sugestivo; Para quem gostar de de pornografia misturada com uma certa “ruralidade” e “rudeza”, temos o grande “A Aldeia da Boca Branca”, adaptaçao do clássico “A Aldeia da Roupa Branca”, onde tal como no original contará com uma cena muito animada junto ao rio, com e sem roupa; Para os jovens que gostam assim de coisas mais estranhas, para aqueles que sao mesmo tarados, há a adaptaçao do clássico de 1941, ” O Pai Tirano”: “Ó Pai, Tira-mo”, que se trata de uma história de incesto entre um pai e uma filha; E só para terminar com este deboche, visto que o “nível” aqui do Hemiciclo está-se a afundar tao depressa como o Titanic, deixo apenas mais uma sugestao:  “O Crime do Padre Amaro”…ah, nao, espera, esse é aquele da Soraia Chaves, esse já é porno, nao conta. Caso os senhores da Hot TV me queiram contactar, enviem-me um e-mail porque como estas, tenho mais pelo menos, meia dúzia de propostas. Outra sugestao (e prometo que é a última) que deixo a Hot TV é que tente apostar num novo tipo de pornografia, além do “convencional” e do “video caseiro”. Façam filmes didácticos, onde ensinem os casais a satisfazerem-se como dever ser, uma espécie de “Pornografia/sexo para tótós”, façam filmes porno com sexo tântrico (chamem é o Manoel de Oliveira para realizar isso, porque é mesmo ao estilo dele).  E por fim, aquela que eu acho que é uma ideia do catano: façam pornografia intelectual. “Mas que raio é isso, ó Joao?”, perguntam voces estupefactos com a dimensao da minha estúpidez. Ao que eu respondo, “é isto”: – ” Venha cá, sua marota que eu agora vou-lhe dar com a minha tese sobre a globalizaçao e sobre quais os benefícios e consequencias desta a curto/médio prazo por todo o Mundo…” – ” Ai que só de falar disso, deixa-me louca, veja lá se isto nao é como daquela vez em que estivemos a discutir “A República” de Platao…estive sem poder pensar durante dois dias…” – ” Cale-se e veja só esta tese…” – ” Ai, mas que grande tese que voce tem para mostrar…” E pronto coisos, nao vos prendo mais. Adeuzinho , beijinhos, abraços e muitos palhaços. Nota: Peço desculpa se feri alguma susceptibilidade com alguma coisa que tenha escrito, mas somos todos adultos e todos sabemos como sao as coisas, certo?  

Deja un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

Crea tu página web en WordPress.com
Empieza ahora
A %d blogueros les gusta esto: